NadaFrágil.com.br

Sofá e pipoca? Curta filmes e séries com mulheres fortes!


Fabíola Cunha

Mais do que nunca, os filmes e séries estão colocando mulheres fortes como protagonistas. Seja em comédias, dramas ou suspenses, é possível encontrar exemplos (alguns felizes, outros tristes) da força feminina em ação. Confira essa breve lista de recomendações!

Aproveite e confira nossa almofada porta pipoca.

Histórias Cruzadas (2011)

mulheres fortes

Uma jovem escritora decide dar voz a mulheres negras durante o movimento pelos direitos civis nos anos 60. Octavia Spencer levou o Oscar de Melhor Atriz coadjuvante. Com Viola Davis e Emma Stone.

Crazy Ex-Girlfriend

mulheres fortes

Rebbeca Bunch é uma jovem e brilhante advogada, que sofre de uma obsessão: seu ex-namorado Josh, com quem ficou por pouco tempo na adolescência. Ela acredita que, se encontrá-lo de novo, vai ser feliz para sempre. Mas a vida trata de mostrar que ela precisa encontrar a si mesma antes. Comédia com ótimos números musicais sobre dependência afetiva.

Mad Men (2007-2015)

mulheres fortes

A série parece ser protagonizada por homens, mas são as mulheres que dominaram as temporadas finais (são 7 no total). Elizabeth Moss e January Jones são mulheres que vivem em um ambiente super machista, do mercado publicitário dos anos 60, mas conseguem se impor e sobreviver aos “cuecas de plantão”.

Amy (2015)

mulheres fortes

O documentário parte o coração ao mostrar a talentosa e visceral Amy Winehouse entrando em uma espiral descontrolada de álcool e drogas. Além da instabilidade emocional, ela tinha outra constante em sua vida: homens controladores e interesseiros. Do pai ao marido, ela foi alvo de todo tipo de manipulação e joguinhos.

Aproveite e confira quais filmes estão em cartaz.

American Crime Story: The People Vs. OJ Simpson (2016)

mulheres fortes

A série vencedora de vários Emmy pode ter no título o nome do ex-jogador de futebol americano acusado de matar a esposa, mas a estrela é a promotora Marcia Clark. Tentando trabalhar em meio ao furacão midiático que foi o caso, Marcia foi atacada por todos os lados, inclusive pelo modo de se vestir no tribunal e até mesmo pelo corte de cabelo.

Philomena (2013)

mulheres fortes

Na adolescência, Philomena engravidou e foi mandada para ter o bebê em um convento. Seu filho foi tirado dela e vendido para um casal americano (prática comum na Irlanda católica dos anos 50). Já idosa, ela decide procurar a criança, com ajuda de um jornalista. Emocionante e revoltante.

Unbreakable Kimmy Schmidt

mulheres fortes

Kimmy foi sequestrada por uma seita e colocada para viver no subsolo. 15 anos depois, ela é resgatada e decide viver em Nova York. Com amigos tão ou mais estranhos que ela, Kimmy descobre o girl power que há dentro de cada mulher.

Gostou das nossas dicas? Elas têm tudo a ver com o feminismo! Conheça um pouco mais sobre esse movimento na nossa matéria Feminismo: algumas informações sobre o conceito!

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta